Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Maria, ano um.

por PR, em 08.08.13

Um ano.

Que ano, este! 

Desde aquela madrugada na Reboleira, com a bênção de um Santo António que agora está lá junto à tua cama; um dedo da mamã entalado na cama, um olhar para os riscos no ecrã, ao ritmo das contracções, o ver as horas a passar , esperando pelas 6:07, minuto maior que a vida toda, aquele instante em que esta coisa de existir e darmos continuidade a nós, e aos que nos antecederam, se cumpre, humanidade que une gerações de mão dada, e desenha o futuro de todos nós e dos que depois virão. O cordão umbilical cortado, ligando-te para sempre a nós, papá e mamã, a família toda, os amigos todos que tens e terás, o cosmos, de astros finalmente alinhados porque nasceu a Maria, e agora sim o mundo pode avançar e ser melhor.

Maria, linda Maria, meu amor, nasceste faz hoje um ano. Foi um ano bem duro para os teus pais, mas nunca por ti, que és sempre luz, alegria, promessa de paz, deslumbramento em cada sorriso, em cada nova habilidade, em cada surpresa espectacular que nos preparas por instinto.

Ver-te dormir, um calor no coração. Ver-te comer e descobrir novos sabores. Ver-te ensaiar passos, por agora com a ajuda das nossas mãos a segurar. Ver-te brincar. Puxares os cabelos dos manos, a rir. Pedir-te uma festinha e tu dares, à tua maneira. Teres aqueles instantes do teu "ginete", linda demais. E quando, simplesmente, agarras, toda contente, a mão que te é estendida. O teu chapinhar na água da piscina, a forma como olhas, curiosa, o que te rodeia, e te fazes ao caminho, em supersónico gatinhar. O teu riso, minha filha, tu nem imaginas a maravilha que é a tua gargalhada dobrada, em momentos de uma alegria que é tão pura que comove sempre. Sabes como és linda, filha? Como és maravilhosa? Como ver-te crescer é fascinante, todos os dias? Sabes que tenho saudades tuas, todos os dias a toda a hora? Tenho saudades tuas até quando estamos juntos, como acontece com os grandes amores que o são. E este é do tamanho da vida, de toda a Vida.

Noutro dia adormeceste ao meu colo, depois de largos minutos de brincadeira...sabes que, naquele instante, contigo a dormir nos meus braços, foi aqui o teu pai que nasceu de novo? Foi mesmo, filha. Existires é uma bênção. Ser teu pai é uma alegria, uma responsabilidade sagrada, uma força única que me permite aguentar tudo e seguir em frente. Um dia, já cá não estarei para te dar a mão e tu me dares a tua, que o amparo de pai e filhos tem vice versa com o passar do tempo. Quero que saibas já que, quando fizeste 1 ano, o teu pai escreveu sobre este amor, esta alegria e este compromisso contigo: isto ainda agora começou, o melhor vem aí, minha filha.

Agosto 8, hoje e sempre: Maria, meu Amor, parabéns. 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


20 comentários

Imagem de perfil

De Pelo Mundo a 08.08.2013 às 08:26

Parabéns á Maria .
Parabéns aos pais .
E eles são mesmo a maior dádiva das nossas vidas ...vê-los crescer e cada etapa ter um novo desafio .
Longa vida para todos terem o prazer de ir vivendo cada etapa .
Abraço
Franclim Vieira
Sem imagem de perfil

De Sandra Veiga a 08.08.2013 às 09:54

Meu amigo, como sempre as tuas palavras lindas fizeram-me chorar...
Parabens Maria. Parabens papá... beijinhos as 2.
Sem imagem de perfil

De Ana a 08.08.2013 às 10:14

:')

Parabéns! Comovo-me sempre nestes dias, com estes cheios a transbordar de amor... não há nada a fazer. :)
Sem imagem de perfil

De Sónia a 08.08.2013 às 10:58

Pedro, sempre comoventes estas declarações nos aniversários dos filhos. Adorei ler dos 3 filhotes, todos eles em alturas diferentes das suas vidas. De certo que a Maria também irá sentir muito orgulho do que o pai escreveu no 1.º aniversario. Consegues sempre emocionar quem lê estas pequenas dedicatórias . A parte das saudades...como eu entendo e também as sinto... Beijinhos e um dia feliz para a familia.
Sem imagem de perfil

De Sandra Santos a 08.08.2013 às 11:13

Parabéns Maria! O teu papá consegue colocar em palavras todo o amor imenso que sente por ti e isso é uma qualidade rara que me comove sempre que leio estes textos.
Sem imagem de perfil

De andreia am a 08.08.2013 às 17:16

Parabéns! Obrigada por partilhares connosco os teus sentimentos maiores. Um dia feliz para todos e principalmente para a linda Maria.
Sem imagem de perfil

De Sara a 08.08.2013 às 17:45

Mais uma vez Pedro, fico deliciada a ler o que escreves sobre os teus filhos e a vida com eles... É incrivel como podemos ser criadores dos maiores feitos (e tu tens sido peça fundamental na Rádio Comercial e do seu sucesso nos últimos tempos), assinar autógrafos em filas intermináveis como vi no Marés Vivas em que, por momentos, as pessoas se esqueceram dos concertos que foram ver para voltarem costas ao palco e se deliciarem a ver as "figuras" que os acompanham todas as manhãs a caminho do trabalho, da escola, de onde seja.... É incrivel como podes ser Gigante e, perante os teus filhos, a tua familia e amigos, te renderes completamente a essa magia que faz de nós seres diferentes. Porque vemos nascer uma parte de nós, porque os vemos ser independentes, mesmo quando ainda gatinham e usam fralda... A partir do momento em que o cordão se corta essa independência começa e cabe-nos a nós mantê-los junto a nós e cultivar esse amor e alegria maior que há no Mundo, quiçá no Universo.
Parabéns Maria! Parabéns Pedro por seres este pai e por nos mostrares todos os dias um pouco mais de ti.
Sem imagem de perfil

De Isa Sena a 08.08.2013 às 18:19

Parabéns Maria. Como diz o teu pai: O melhor ainda vem aí.
Sem imagem de perfil

De Elisa a 08.08.2013 às 19:20

Maria, a cheia de graça, a apaziguadora...
Parabéns Maria, a ti e a toda a família. Cuida deles Maria, mantém-os por perto, tu tens esse condão...
Um dia estupidamente feliz.

xxx, E
Sem imagem de perfil

De Cátia Rodrigues a 08.08.2013 às 21:40

Parabéns Maria ès linda demais!!
Um beijo grande ao Pai Pedro...Super Pai..
Adoro ouvir-te e ler o que escreves! é lindo parece que já somos "amigos" há muitos anos... Sera que um dia vou-te conhecer?? És formidavel....
;-)

Comentar post


Pág. 1/2