Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




É um disco ao qual volto muitas vezes. Lembro-me de ouvir isto lá na rádio, num estúdio em 94 ou 95, com o Rui Vargas e o Nuno Markl, e de alguém comentar que era um disco de uma protegida de Madonna, porque era de uma editora que ela tinha fundado, a Maverick. Não sei se essa ligação era de facto assim tão directa, mas se foi, foi bem, Madonna. Que disco monumental!

"Jagged Little Pill" é um disco organico, como poucos. Ali há alma a transbordar, sem efeitos especiais nem rodriguinhos, é o que é. É áspero, às vezes, e doce outras, é frágil mas com as garras de fora, à defesa, pedindo, afinal, ajuda, aos gritos ou na melancólica ironia desiludida e aflita da maior parte das letras, 

Tem canções que acabam por marcar quem as ouviu na altura e eventualmente as descobre agora, porque , e isso acontece com as grandes canções, o que ali é cantado, o que ali está escrito, é de sempre. Somos nós todos, na nossa condição: virtudes e misérias, medos e conquistas, sonhos e desilusões. 

Ironic (que Alanis nem queria meter no alinhamento, tiveram de convencê-la), Head Over Feet, All I really want, Perfect e o explosivo Someone Like You antes do tempo e com outro volume de som, You Oughta Now são temas aos quais sabe sempre bem voltar, e cantar no carro. Como hoje, há bocadinho.

Depois deste disco, Alanis fez mais uma mão cheia de canções incriveis, há o Uninvited, o 21 Things I want in a lover, o Thank You, o Joining You, o Hands Clean, o So Unexy, por exemplo. 

MasJaggedLittlePill, com canções feitas, cada uma, num dia ou menos, por alguém que só queria ser ouvida e tinha sido rejeitada por meia dúzia de editoras antes da salvadora e visionária Maverick, tem aquela marca rara dos álbuns decisivos. Um monumento. 

2111133.png

 

"Well life has a funny way of sneaking up on you
And life has a funny way of helping you out
Helping you out"

Autoria e outros dados (tags, etc)


3 comentários

Sem imagem de perfil

De Maria Bem me Quer a 01.08.2017 às 19:58

Dos álbuns da minha vida! Adoro esse álbum da Alanis! Acompanhou-me em alturas de muita maturidade e crescimento, ainda eu era uma adolescente.
Obrigada pela partilha
Imagem de perfil

De Madalena a 02.08.2017 às 20:20

Gosto muito, e quando ouço atualmente volto atrás no tempo e relembro quem eu era então com essas músicas. A música colada ao tecido da nossa alma, iluminando-a tantas vezes.

Há aquelas músicas que carregam num "botão" em nós e nos elevam... É o testemunho deste karaoke a dois:

https://www.youtube.com/watch?v=3B_W_CZfVtc

Sem imagem de perfil

De Fernando Ferreira a 03.08.2017 às 00:05

Concordo a 500%!

É um disco genuíno. Sem maquilhagem ou produções desnecessárias.

Também ouço frequentemente. Em acústico ou na versão original.

Um monumento!

Obrigado pela partilha. Grande abraço!

Comentar post