Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Do sarampo

por PR, em 19.04.17

2017. É incompreensível que se opte por não vacinar um filho. Dada a epidemia, que acaba de matar mais um jovem de 17 anos, esta "opção" de não vacinar, não sei em nome de quê ou de quem, é, basicamente, um crime.

Mas um crime que nasce da proliferação de teorias, vendidas como infalíveis, e que se mostram trágicas. E como parece que é mesmo fácil acreditar numa qualquer fofoca de revista ou notícia que apareça no facebook, de repente tudo o que nos vendem é bom, e ultra natura, e o regresso à purerza original. Não é. 

Autoria e outros dados (tags, etc)


4 comentários

Sem imagem de perfil

De joao a 19.04.2017 às 13:40

Eu sou 100% a favor da vacinação, mas compreendo quem não queira... São opções. Normalmente quem escolhe não vacinar é com medo dos efeitos secundários (morte incluída). Que são também as mesmas razões de quem escolhe vacinar. E depois há estudos que dizem que há mais pessoas a morrer da vacinação contra o sarampo do que de sarampo:

http://vaccineimpact.com/2015/zero-u-s-measles-deaths-in-10-years-but-over-100-measles-vaccine-deaths-reported/

O que se passou foi que durante anos não se ouviu falar em mortes de sarampo e as pessoas começam a pensar que é desnecessária, até porque se ouviu falar em algumas mortes por vacinação. O problema é que se esquecem que se ninguém se vacinar temos surtos e aumenta-se outra vez a morte por sarampo. As pessoas têm memória curta e às vezes nem se dão ao trabalho de pensar.
Sem imagem de perfil

De Outra vez, Inês a 19.04.2017 às 14:04

no 'meu tempo' de escola primária havia o dia das vacinas, a única parte boa resumia-se a uma manhã sem aulas (era feliz com tão pouco), formávamos, de boletim de vacinas na mão em fila indiana à espera, e não passava pela cabecinha de ninguém opor-se a essa temida sentença (eu ainda tentei, mas percebi que não havia volta a dar) não havia paizinho ou mãezinha que intercedesse. ninguém morreu da doença, nem da cura

hoje o mundo está mais moderno para alguns, mais artificial para outros e continua a haver muita teoria pouco fundamentada e quem acredite que só acontece aos outros, se calhar é mesmo assim, só acontece aos outros, neste caso aos que se vão vacinando
Sem imagem de perfil

De Ana Silva a 21.04.2017 às 16:33

É inadmissivel e incompreensível, que no ano de 2017 se morra de sarampo num país europeu.

Isto para mim é que é chocante.
Sem imagem de perfil

De Aninhas a 26.04.2017 às 12:32

É mto fácil opinar sobre a vida dos outros, mas qdo o raio nos cai em casa é sabemos das o valor! Pelo k tenho lido sobre o assunto, é k a menina não foi vacinada pr outros problemos de saúde! Talvez o sarampo junto o problema de saúde, k já tinha, lhe tivesse sido fatal ! Será k você tem as suas vacinas em dia? DUVIDO! Pois eu desde k sai da primária, nunca mais levei vacinas! É como a vacina da gripe, vejo pessoas k são vacinadas, e levam o inverno engripadas! Deixem estes pais em paz, espero, k eles não leiam estes disparates todos k pr aí andam! Ocupem o vosso tempo em pôr a vossa vida em ordem!

Comentar post